O Canadá irá disponibilizar 160 mil empregos para imigrantes

Segundo palavras de Jason Kenney, ministro da Cidadania e Imigração do Canadá, em declarações no início da semana, informou que o país irá necessitar de mais de 320 mil trabalhadores para laborar na área da construção civil.

Este número foi avançado numa perspectiva a longo prazo, o Canadá prevê precisar destes trabalhadores até 2020. Assim, nos próximos 8 anos o país conta ir integrando as suas necessidades por fases. Em Janeiro de 2013 está já previsto conceder entrada no país aos primeiros 3000 trabalhadores que desejem emigrar para o Canadá.

Por falta de mão de obra qualificada, o país vê-se assim disponível para avançar com programas de emigração, concedendo autorizações permanentes de residência a título definitivo.

Os serviços de imigração pretendem com esta política ser menos exigentes com a entrada de estrangeiros no país. As condições de entrada serão assim mais facilitadas, onde por exemplo será necessário ter conhecimentos básico de língua inglesa e francesa, para além das comprovadas competências técnicas na área a que se deseja candidatar.

Mas destes 320 mil trabalhadores que o Canadá precisará, o ministro estima que só serão preenchidas metade das vagas com cidadãos do Canadá, ou seja, 160 mil empregos poderão ficar disponíveis para quem deseje emigrar para este país de América do Norte.

scroll to the top of the site