Portugueses Pelo Mundo – Seul, Coreia do Sul

Num país longínquo da Ásia, numa zona movimentada (ou desconhecida nalguns casos) da América, num canto de África, ou da Europa… Por todo o lado, há sempre Portugueses pelo Mundo. São pessoas que partiram das suas terras, mas que mantêm vivas as referências com Portugal. Homens e mulheres que se acomodaram a novas temperaturas, novas culturas, novos sabores, novos amigos e que agora desfrutam do lugar onde vivem. Portugueses pelo Mundo mistura um programa documental com um programa de viagens. Em cada programa veremos entre cinco a sete histórias de portugueses que residem algures no planeta. As histórias de cada programa irão entrelaçar-se umas nas outras e serão bem diferentes entre si, baseadas nas características individuais dos entrevistados, nas suas famílias, nos seus amigos, nos seus colegas de trabalho.

Assim, os nossos protagonistas serão sempre os melhores guias para conhecer a vida quotidiana do lugar onde estamos. Desta forma, sem perder de vista o entretenimento, fomentamos a integração entre culturas e indivíduos, mostrando as diferenças sempre numa óptica de respeito pelas diversidades de cada um dos povos e suas culturas. Portugueses nos dá a conhecer a realidade de cidadãos portugueses que escolheram outro país para viver ao mesmo tempo que estes nos dão a conhecer a cidade onde agora vivem.

Antiga capital da Coreia, situada nas margens do Rio Han, Seul é considerada o grande centro comercial e industrial moderno. Encontramos uma cidade demarcada pelo cristianismo e pelo budismo, onde se sente o contraste entre a forte aposta no desenvolvimento tecnológico e as tradições milenares que se mantêm até aos dias de hoje.
Espera-nos mais uma aventura do Portugueses pelo Mundo.

“Hwangyong-hamnida!” (Bem-vindo!)

Helena Andrade, 24 anos, Investigadora, natural de Braga. Vamos conhecer um dos campus universitários de Seul. Seguimos às compras num dos mais antigos mercados coreanos, onde se vende um pouco de tudo. Degustamos um “petisco” pela rua.

Cláudia Pestana, 36 anos, Curadora, natural de Angola. Guia-nos numa visita ao Num June Paik Art Center explicando quem foi o seu mentor. Dirigimo-nos até ao centro de Seul num dos transportes coreanos mais baratos.

Miguel Rato, 23 anos, Designer Multimédia, natural de Torres Vedras. Mostra-nos a imensidão da Universidade Hanyang, assim como, o centro de robótica existente. Fazemos uma caminhada até à montanha onde nos convidam para um piquenique. Para descontrair vamos disfrutar de uma Sauna Sloam, muito típica em toda a Coreia. Jantamos com o seu grupo de amigos da faculdade um prato típico, “barbecue” acompanhado de “soju”, aguardente coreana.

Padre Pedro Louro, 45 anos, Sacerdote Missionário, natural de Mação. Com o Pedro assistimos a uma das suas missas. Convida-nos a provar “boshintang”, um dos pratos mais tradicionais coreanos. Leva-nos a visitar o Templo Jogyesa onde percebemos um pouco o papel do budismo na sociedade coreana, dos dias de hoje.

scroll to the top of the site